sexta-feira, 16 de julho de 2010

A Hora do Espanto

Hoje eu revi "A Hora do Espanto". Resolvi rever os filmes de vampiros e, na onde de "Crepúsculo" e vampiros gatões, achei que seria legal começar com esse. Lembro que, quando o vi pela primeira vez, achei o vampiro principal muito gato e charmoso. E não era só eu... todas minhas amigas concordavam.
Ao rever o filme percebi que ele continua legal. Claro que os efeitos especiais são precários, mas a história é bacana e o clima é bem interessante.
Este é mais um dos típicos filmes adolescentes dos anos 80. Não é super sombrio e assustador - tem até um certo toque de comédia. O clima não é tão sombrio e, em várias cenas, nem parece um filme de terror.
Tem vários elementos clássicos das histórias de vampiros, como crucifixo, água benta, alho, estacas, caixões... Aquela história de que os vampiros não aparecem nos espelhos e que se forem convidados, podem entrar sem nenhum problema na casa das pessoas. Ah, claro que nada de luz do sol (diferente, ainda bem, daquela ideia mega gay de vampiro brilhar ao sol).

Titulo original: (Fright Night)
Lançamento: 1985 (EUA)
Direção: Tom Hollan


Charley é um adolescente americano fascinado por filmes de terror. Sempre assiste a um programa chamado "A Hora do Espanto" (Fright Night) em que o apresentador, Peter Vincent, se entitula grande caçador de vampiros - na verdade ele é um ator de filmes de terror. Só que um dia, ou melhor, noite, enquanto Charley está em seu quarto namorando, escuta um barulho na casa ao lado, que estava vazia. Novos moradores estavam chegando e, pelo que ele observou, eles carregavam um caixão. Charley achou aquilo tudo muito estranho e, sua mente apaixonada por filmes de terror ficou cheia de ideias.
Um dia ele observa que uma bela moça loira entra na casa e, depois, descobre pela tv que ela tinha sido assassinada. O rapaz, então, começa a suspeitar do vizinho. Em outra noite ao espiar pela janela do seu quarto vê o vizinho com uma bela mulher... e percebe que ele tem presas: sim, ele é um vampiro. Charley tenta convencer os amigos e a mãe do que viu mas ninguém acredita. A tal moça também aparece morta e ele decide contar a polícia o que viu. Claro que eles não acreditam. O vampiro, porém, fica furioso e vai até a casa de Charley. Todo sedutor, é convidado a entrar pela mãe do rapaz... ou seja, a partir de então conseguiria entrar na casa sem problema. Acontece que a noite, quando ele está sozinho no quarto, o vampiro aparece e o ameaça pessoalmente. Charley consegue escapar aquela noite, mas o vampiro promete voltar.
Desesperado, o garoto resolve procurar Peter Vincent, o apresentador de "A Hora do Espanto". Ele nem escuta o garoto que considera maluco. Mas ele está realmente desesperado. Seus amigos resolvem ajudá-lo e vão até o ator, pedindo pra que ele prove pra Charley que seu vizinho não é um vampiro. Ele acha tudo ridículo, mas Amy o convence - com US$500. Eles ligam para Jerry (o tal vizinho vampiro) e pedem para fazer uma visita exatamente para provar o tal absurdo. Jerry concorda. No dia seguinte Peter Vincent, Amy, Charley e Ed vão até lá. Peter fala pra Jerry beber um líquido que diz ser água benta. O rapaz observa bem o líquido e decide bebê-lo. Fica a tensão! Mas nada acontece. Amy fica toda encantada por Jerry (vampiro gatão e charmoso, lembra!?). Quando estão de saída, Peter Vincent decide dar uma olhada em seu espelho sem que ninguem percebesse e observa o que não queria ver: ele não aparece! Ou seja, é um vampiro. Fica assustado e deixa o espelho cair. Todos saem dali... mas o vampiro percebe que eles sabem e resolve ir a caça.
Ai a aventura começa pra valer!

Como eu disse anteriormente, as maquiagens são bizarras e os efeitos especiais mega trash! Mas tem todo aquele charme dos anos 80.


Olhem só essas maquiagens. Olha o tamanho da boca dessa mulher! hehehehehehe!


E olha só que gatão o vampiro lindo dos anos 80:


Vale a pena conferir esse clássico do terror dos anos 80. Já alerto que, para os amantes do terror gore da atualidade, o filme é meio fraco: provavelmente não levarão grandes sustos e nem terão vontade de vomitar, mas ainda assim, assistam!
Se tiverem dificuldade de achar por ai em videolocadoras, dá pra ver uma versão dublada em 11 partes no youtube.

6 comentários:

D. T. S. disse...

Bem legal o seu blog, também.
Como adorava esse filme. Lembro que vi até no programa do Jô que esse cara que faz o amigo virou ator pornô gay.
Que vergonha.

Mas um porém, o filme da Megan Fox não é terror. Na verdade nem é filme. rs

Quem bom que gostou do meu site. Espero que continue acompanhando.

Um beijo.

semsabor disse...

esse tá na lista dos meus prediletos,eu adoro esses filmes de terror assim com esse ar bem trash HSAUASHAASAUH
adorei o blog bjs ;*


http://semsaboor.blogspot.com/

Taciana disse...

Obrigada pela visita!

Raziel disse...

Gostei de seu blog. Também curto filmes deterror clássicos, e consegui algumas raridades(para meu caso), como: A Mosca e O Enigma do Outro Mundo.

Anônimo disse...

Daniel Albuquerque - (ex) sala 62

Professora hoje resolvi pegar seu blog para dar uma lida, sendo eu também um apreciador de filmes de terror, para saber sua opiniao quanto a alguns que considero muito bons (SAW, O Iluminado e Atividade Paranormal, principalmente o 3) e adorei! hahaha

Simplesmente concordo com cada opiniao ou filosofia transmitida pelos filmes que voce encontra e tenta passar para os leitores, e até algumas que eu nunca havia parado para pensar!

Enfim, parabéns pelo seu blog, est'a muito bom; continuarei vendo-o mais frequentemente. Ah e para avisar que esse filme recebeu um certo "remake" ano passado, lembrei porque vi esse cartaz do filme antigo e vi que eh igual ao novo (http://bit.ly/yeATDK).
Abracos e bom resto de ferias!!haha

Taciana disse...

Olá Daniel
Pois é, eu soube do remake, mas ainda não vi. Obrigada pela visita! Volte sempre! :D